Ex-Blink 182, Tom DeLonge diz ser perseguido pelo governo por saber sobre alienígenas


Tom DeLonge, que atualmente não integra mais o Blink 182, concedeu uma entrevista à revista Paper onde fala sobre sua suposta relação com alienígenas. 
O vocalista e guitarrista nunca negou sua proximidade com o assunto e os fãs de Blink 182 sabem disso em função da música "Aliens Exist" (em tradução livre para o português, "aliens existem"). No entanto, Tom DeLonge não havia revelado anteriormente que levava o assunto a sério, a ponto de dizer que é perseguido pelo governo dos Estados Unidos por causa do seu conhecimento sobre o tema. 

Durante o bate-papo com a revista, Tom DeLonge contou sobre a extensa e delicada situação, onde também revelou ter contato com alienígenas e que seu telefone supostamente foi grampeado por entidades como Nasa, Roma e até o país Vaticano. Confira abaixo a tradução na íntegra. 

"Lembro de falar sobre um dispositivo que imagino que esteja sendo construído secretamente para simular o fenômeno que nosso governo observa há décadas. Comecei a falar sobre o dispositivo, como substitui 89% da massa da nave, como ioniza o motor, sobre tudo. Um engenheiro de uns 70 anos me olhou e disse para eu tomar cuidado com o o que eu dizia. Outro dia, o engenheiro me disse que recebeu ligações sobre mim e que, caso alguém aparecesse e falasse para eu entrar em um carro, não era para eu entrar (risos).

Estávamos em um acampamento. Colocamos mais lenha na nossa fogueira e caímos no sono lá pela uma ou duas da manhã. Acordei perto das três. Meu corpo estava com eletricidade estática. O fogo ainda estava forte e havia uma conversa fora da barraca, de umas 20 pessoas. Pensei que eles estavam em nosso acampamento e não iriam machucar ninguém. Fecho meus olhos, acordo e o fogo se foi.

Sabia que não estava ameaçado, não podia mexer o corpo, mas conseguia ouvir a conversa. Se você ler sobre abdução de pessoas, muitas delas relatam que havia muita conversa e a sensação de que você está no meio de pessoas em expediente. Não vi pegadas ou marcas esquisitas"


Fonte: Igor Miranda / Revista Cifras
Share on Google Plus

About Henrique Halbercone

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.