Cientistas atentos à evolução de mancha solar muito ativa

Imagem meramente ilustrativa
Washington, 27 set (Prensa Latina) Cientistas da NASA observam atenciosos a evolução de uma grande mancha solar conhecida como 1302, que não só está ativa, senão que pudesse afetar à Terra nos próximos dias.

  O Observatório de Dinâmica Solar (SDO) da NASA informou hoje que no passado 22 de setembro e no sábado 24 foram detectados dois grandes flash ultra-violetas no sol.

Estas erupções dirigem-se a Terra e foram notáveis no norte da Europa no jeito de auroras boreais, indicaram peritos.

Por sua parte, cientistas do Laboratório de Clima Espacial Goddard, também da NASA, determinaram a presencia de uma forte compressão na magnetosfera da terra, o plasma do vento solar tem entrado perto da órbita geo-estacionaria, onde se encontram os satélites, disseram.

O fenômeno poderia ocasionar danos nos sistemas de comunicação, assim como nas redes de energia.

Alguns acham até possível um grande blackout e que poderiam acontecer explosões atômicas espontâneas, outros especulam se a queda de um satélite que girava ao redor da terra foi por causas de tormentas solares e se mais aparelhos como este poderiam ter a sorte mesma.

Países como a Rússia estão alerta.

Neste ano têm sido detectadas outras erupções solares de igual importância. Um exemplo similar aconteceu no passado fevereiro, classificado como classe X, que ocasionou imensas auroras boreais e algumas afeições no sistema de comunicações, embora esses efeitos limitam-se a latitudes muito no norte do planeta.



Fonte: http://www.prensa-latina.cu/index.php?option=com_content&task=view&id=335295&Itemid=1
Share on Google Plus

About Henrique Halbercone

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.