Rússia adverte: Invasão chinesa no Oriente Médio mais perto do que se pensava


Um relatório apocalíptico preparado pelo ministro da Defesa russo Anatoly Serdyukov para Presidente e Comandante em Chefe das Forças Armadas, Medvedev, alerta (30/03) que os acordos militares estratégicas assinado esta semana entre China e Paquistão é sinal de que o “fim de jogo” entre o Oriente e o Ocidente sobre os recursos energéticos vitais do Médio Oriente “Já começou”.
Segundo o ministro Serdyukov, o aspecto mais importante deste novo acordo estratégico é o permitido por Paquistão para as forças militares chinesas começarem o “uso imediato” da estrada de Karakoram, que permitirá que as forças terrestres maciças chinesas tenha acesso direto à Oriente Médio e em confronto direto com o Ocidente.
A “grande estratégia” da China por trás deste novo movimento, o relatório do ministro Serdyukov continua, é unir forças terrestres com as forças do ar que estão pré-colocados na Turquia, país membro da Otan. Ambos tem realizados exercícios conjuntos de defesa aérea já no ano passado, para grande alarme dos Estados Unidos e União Européia.
Ainda mais preocupante para o Ocidente, é a rota aérea utilizada pelos chineses para reabastecer seus aviões de guerra, sendo preparado para uma guerra no Oriente Médio, que incluem Paquistão, Irã e Turquia.
A China está pronta para enviar um exército de 200 milhões ao Paquistão e no Oriente Médio a menos que membros do Federal Reserve Board,  no controle do governo dos Estados Unidos, retirem suas forças.
“E foram soltos os quatro anjos, que estavam preparados para a hora, e dia, e mês, e ano, a fim de matarem a terça parte dos homens. E o número dos exércitos dos cavaleiros era de duzentos milhões; e ouvi o número deles.”(Apocalipse 9:15-16)

A futura invasão  russa em Israel

Juntando as peças do quebra-cabeça, vemos que a revolta árabe, é um realiamento de alguns países que hoje apoiam Israel, como o Egito. A mudança de poder destes países o estado de Israel certamente perderá este apoio, ficando isolado na região, concretizando a profecia bíblica.
Os Aliados da Rússia – Estes países são mencionados em Ezequiel 38:5-6: “Persas, etíopes, e os de Pute com eles, todos com escudo e capacete; Gômer e todas as suas tropas; a casa de Togarma, do extremo norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo”.
Pérsia – conhecida hoje em dia como Irã.
Etiópia – Etiópia e outras nações africanas.
Pute – Líbia.
Gômer e todas as suas tropas – Alemanha e outras nações para o Mar Negro. Provavelmente a Europa Oriental.
A Casa de Togarma, do extremo norte, e todas as suas tropas – Armênia, provavelmente as repúblicas ao sul da Rússia e a Turquia. A maioria dessas nações é mulçumana.
Os invasores virão do extremo norte“Virás, pois, do teu lugar, do extremo norte, tu e muitos povos contigo, montados todos a cavalo, grande ajuntamento, e exército poderoso” (Ezequiel 38:15). É interessante que a cidade de Moscou fique diretamente para o norte de Israel.
Essa invasão é a vontade de Deus“E te farei voltar, e porei anzóis nos teus queixos, e te levarei a ti, com todo o teu exército, cavalos e cavaleiros, todos vestidos com primor, grande multidão, com escudo e rodela, manejando todos a espada (…) Depois de muitos dias serás visitado. No fim dos anos virás à terra que se recuperou da espada, e que foi congregada dentre muitos povos, junto aos montes de Israel, que sempre se faziam desertos; mas aquela terra foi tirada dentre as nações, e todas elas habitarão seguramente (…) E subirás contra o meu povo Israel, como uma nuvem, para cobrir a terra. Nos últimos dias sucederá que hei de trazer-te contra a minha terra, para que os gentios me conheçam a mim, quando eu me houver santificado em ti, ó Gogue, diante dos seus olhos. Assim diz o Senhor Deus: Não és tu aquele de quem eu disse nos dias antigos, por intermédio dos meus servos, os profetas de Israel, os quais naqueles dias profetizaram largos anos, que te traria contra eles? Sucederá, porém, naquele dia, no dia em que vier Gogue contra a terra de Israel, diz o Senhor Deus, que a minha indignação subirá à minha face. Porque disse no meu zelo, no fogo do meu furor, que, certamente, naquele dia haverá grande tremor sobre a terra de Israel” (Ezequiel 38:4,8,16-19). Por quê? Para que Deus possa julgar essas nações justamente pela sua rebelião contra Ele.
Deus vencerá os invasores pelo Seu próprio poder“Porque disse no meu zelo, no fogo do meu furor, que, certamente, naquele dia haverá grande tremor sobre a terra de Israel; De tal modo que tremerão diante da minha face os peixes do mar, e as aves do céu, e os animais do campo, e todos os répteis que se arrastam sobre a terra, e todos os homens que estão sobre a face da terra; e os montes serão deitados abaixo, e os precipícios se desfarão, e todos os muros desabarão por terra. Porque chamarei contra ele a espada sobre todos os meus montes, diz o Senhor Deus; a espada de cada um se voltará contra seu irmão. E contenderei com ele por meio da peste e do sangue; e uma chuva inundante, e grandes pedras de saraiva, fogo, e enxofre farei chover sobre ele, e sobre as suas tropas, e sobre os muitos povos que estiverem com ele. Assim eu me engrandecerei e me santificarei, e me darei a conhecer aos olhos de muitas nações; e saberão que eu sou o Senhor” (Ezequiel 38:19-23).
“Tu, pois, ó filho do homem, profetiza ainda contra Gogue, e dize: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal. E te farei voltar, mas deixarei uma sexta parte de ti, e far-te-ei subir do extremo norte, e te trarei aos montes de Israel. E, com um golpe, tirarei o teu arco da tua mão esquerda, e farei cair as tuas flechas da tua mão direita. Nos montes de Israel cairás, tu e todas as tuas tropas, e os povos que estão contigo; e às aves de rapina, de toda espécie, e aos animais do campo, te darei por comida. Sobre a face do campo cairás, porque eu o falei, diz o Senhor Deus. E enviarei um fogo sobre Magogue e entre os que habitam seguros nas ilhas; e saberão que eu sou o Senhor” (Ezequiel 39:1-6).
Essas catástrofes serão feitas por Deus mesmo. Será não só em Israel, contra os seus invasores, mas também na própria terra da Rússia. Além de tudo que acontecerá, cinco em seis homens de guerra vão morrer, isso vai praticamente acabar com a nação da Rússia. Todos saberão que Deus que fez tudo isso e não os homens nem os elementos naturais.
Será o tempo oportuno para o anticristo se levantar e fazer uma aliança de paz e segurança de sete anos com Israel. Israel aceitará o anticristo como sendo o Messias. “E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações. E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador” (Daniel 9:26-27).
Meu amigo, você conhece Jesus Cristo como seu Salvador? É salvo da ira vindoura, pela graça, por meio da fé em Jesus Cristo? “E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho” (Marcos 1:15).
Share on Google Plus

About Henrique Halbercone

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.